Diagnosticar o HIV através de um smartphone

 

 

 

imagem_hiv_detector00

Há anos que se procura uma solução rápida e barata para diagnosticar o HIV, isto porque as análises tradicionais demoram vários dias e nalguns casos e países são meses à espera de um diagnóstico correto… Este hiato temporal pode ser determinante para o controlo desta doença crónica.

Agora, investigadores da Universidade da Columbia desenvolveram um dispositivo que permite diagnosticar o HIV, entre outras doenças, recorrendo a um smartphone ou a um tablet.

Segundo o site Quartz, investigadores da Universidade de Columbia desenvolveram um dispositivo capaz de detectar doenças como a syphilis e o HIV que se liga a um smartphone ou a um tablet.

Como funciona?

Um “dongle” ou um dispositivo específico faz uma picada no dedo e recolhe uma amostra de sangue. A recolha permite depois que essa amostra seja analisada para que seja verificado o número de anti-corpos que combatem o HIV e a syphilis no sangue.

Essa informação do sistema imunológico indica se o paciente é positivo, como explicou Wan Laksanasopin, aluno do Doutoramento de Engenharia Biomédica na Universidade da Columbia, que ajudou a desenvolver o dispositivo.

O “dongle” liga-se a qualquer smartphone ou tablet através do jack de áudio. Depois, a aplicação desenhada para o efeito irá ler e interpretar os valores analisados, permitindo revelar um diagnóstico em apenas 15 minutos.

hiv

Atualmente esta app apenas foi desenvolvida para as plataformas Android e iOS e fornece ao médico as informações necessárias para a avaliação dos resultados.

Esta facilidade na obtenção do diagnóstico, embora a esta altura o dispositivo ainda dê falsos positivos, serve para uma análise rápida, um diagnóstico obtido de forma mais barata e em qualquer lugar onde poderá fazer toda a diferença em países subdesenvolvidos. Esta ajuda é particularmente essencial para ajudar a prevenir a transmissão de mãe para filho do HIV. A sífilis pode colocar uma criança em maior risco de HIV, e para as mulheres grávidas, pode causar complicações no nascimento ou na morte neonatal, tal como indicou Laksanasopin.

O dispositivo custa 34 dólares para produzir e cada embalagem de teste custa 2 dólares. É um preço significativamente inferior a qualquer outro teste.

Esta é mais uma tentativa de tornar mais rápido e barato o diagnóstico, permitindo combater este flagelo em países de terceiros mundo sem infraestruturas e recursos financeiros e de saúde que ajudem nesta luta.

Via: PPLWARE



Anúncios
Esta entrada foi publicada em Ciencia, Saude, Tecnologia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s