Corpo de rapaz desaparecido em Portimão encontrado perto de casa

 

 

O corpo do adolescente de 15 anos desaparecido em Portimão, foi hoje encontrado num terreno mas imediações da casa onde vivia, confirma fonte da GNR ao DN. Rodrigo Lapa não era visto desde segunda-feira, 22 de fevereiro. O corpo foi encontrado esta manhã, pelas 9:15, por um militar da GNR que participava nas buscas, acrescenta o major Marco Cruz.

O jovem vivia no sítio das Vendas, Portimão, e frequentava a escola de Estômbar, no concelho de Lagoa, distrito de Faro. Segundo a família, saiu de casa de manhã para a escola, mas não voltou a ser visto.

 

 

Na sequência do desaparecimento, a Polícia Judiciária confirmou que foi aberta uma investigação e que tinham iniciado buscar para encontrar o adolescente.

O porta-voz da GNR remeteu mais informações para a PJ, que, segundo o Correio da Manhã, esteve na segunda-feira a fazer diversas perícias na residência de Rodrigo e em alguns terrenos nas proximidades da habitação.

De acordo com o jornal, Rodrigo Lapa vivia com a mãe, Célia Barreto, o padrasto e uma irmã bebé.

Ainda segundo o diário, a PJ levou de casa do jovem a bicicleta de Rodrigo, que teria um pneu furado, o que o terá levado a caminhar pela zona ribeirinha de Portimão para aí apanhar o autocarro até à escola em Estômbar, já no concelho de Lagoa, segundo relatou a mãe ao jornal.

Apesar das diligências da PJ para encontrar, essencialmente, um corpo, os investigadores da judiciária não descartavam a hipótese do menor estar vivo e de ter fugido de casa de forma intencional, adiantou a mãe de Rodrigo ao jornal.

O padrasto do menor viajou para o Brasil no dia do desaparecimento de Rodrigo, tendo o facto sido considerado suspeito pela PJ, de acordo com o diário.

O homem, de nacionalidade brasileira, já terá sido contactado telefonicamente pelos investigadores, de acordo com o Correio da Manhã, tendo aceitado colaborar.

Segundo o jornal, as primeiras buscas para encontrar o jovem foram feitas com cães da GNR logo após ter sido dado o alarme do desaparecimento. Na segunda-feira, a PJ usou um helicóptero para ajudar nas buscas, tendo, inclusive, as margens do rio Arade até às Fontes de Estômbar sido inspecionadas, além do caminho normalmente utilizado pelo jovem sido batido pelas autoridades.

<

p align=”justify”>( Via )

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: