Alerta! Novo “ransomware “ disfarça-se de Windows Updade para enganar os utilizadores

 

 

 

Uma nova ameaça foi descoberta esta semana e que afeta os sistemas operativos Windows. Este novo esquema malicioso, do tipo ransomware, disfarça-se de atualização do Windows e tem como objetivo obter por parte das vitimas algumas quantias em dinheiro.

Segundo foi revelado, esta ameaça surge como sendo um falso Windows Update que solicita que o utilizador insira o código do Windows. Independentemente dos dados colocados, o malware apresenta sempre a mensagem de que o computador possui uma chave do Windows inválida e que é necessário pagar 250 dólares para que o sistema operativo volte a ficar ativo e “legal”.

 

Para se ver livre deste alerta, a vitima após ligar para o numero de telefone apresentado no ecrã recebe a informação que terá de pagar os 250 dólares para conseguir obter uma nova licença do Windows…

Esta ameaça infeta o sistema operativo através de versões falsas do Adobe Flash Player assim como diversas ferramentas que prometem otimizar o computador. Uma vez instalado o malware, este espera que o utilizador reinicie ou ligue o PC para que surja no ecrã o falso alerta. De notar que, tal como acontece em muitos exemplares deste ransomware, este não se consegue “desligar” com recurso a esquemas simples como o tradicional “Alt+F4” que, como se sabe, permite fechar a janelas de aplicativos em execução.

 

Apesar de ser uma ameaça que pode criar algumas dores de cabeça, foi descoberto que os criadores do malware criaram uma série de soluções capazes de suspender o esquema malicioso. Para tal basta que as vitimas pressionem, por exemplo, as teclas Ctrl+Shift e depois a tecla s, para que o ecrã do falso Windows Update seja encerrado. Existe ainda a possibilidade de inserir as seguintes chaves “h7c9-7c67-jb”, “g6r-qrp6-h2” e yt-mq-6w para que a vitima deixe de receber o alerta de necessidade de aquisição de uma nova licença.

De acordo com os especialistas de segurança este tipo de malware tem vindo a ter um crescimento, fruto, provavelmente, de serem bastante credíveis e engenhosos levando as vitimas a caírem nestes golpes…

( Fonte )

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Alertas, Cibercrime, Malware. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s