Microsoft recorre a “truque sujo” para forçar atualização para o Windows 10

 

 

 

win10_001_thumb.jpg

Desde que o Windows 10 foi lançado, a Microsoft tem usado as mais diversas estratégias para que os utilizadores com Windows 7 e 8/8.1 procedam à atualização. No geral os utilizadores não têm gostado da forma como a atualização lhe tem sido impingida mas há quem agora acuse a empresa de Redmond de usar um truque sujo que recorre até a técnicas de malware para iludir os utilizadores. A Microsoft lançou o Windows 10 a 30 de Julho de 2015! Como é sabido, a atualização para esta versão é gratuita para utilizadores com o Windows 7, 8 e 8.1, nas versões Home e Pro e está disponível até ao próximo dia 29 de Julho de 2016.

Depois desse período os utilizadores vão ter de pagar pelo sistema operativo.

Durante estes dias a Microsoft tem continuado a forçar a atualização e está agora a ser acusada de “truque sujo” segundo revela a BBC.

 

Em causa está um pop-up (ver imagem seguinte) que além de indicar que o Windows 10 é uma atualização recomendada, quando o utilizador carregar no botão para sair, em vez de simplesmente fechar a janela o que acontece é que a atualização é confirmada e agendada para a data indicada.

win10_00

As reações, especialmente nas redes sociais, têm sido muitas.  Brad Chacos, editor da revista PC World refere que estes “truques sujos” apenas frustram utilizadores antigos do Windows, que têm razões muito válidas para continuar a usar um sistema operativo que já conhecem e que gostam.

But deploying these dirty tricks only frustrates long-time Windows users who have very valid reasons to stick with operating systems they already know and love. And thanks to the deceitful new update, there’s a very high chance that my wife will be a new OS X convert by the end of the day. You may have ostensibly achieved another Windows 10 upgrade to pad your adoption stats, Microsoft, but you very well may have lost a lifelong PC user who swore she’d never switch to Apple.

A Microsoft já reagiu a este caso referindo que o utilizador pode simplesmente cancelar ou mudar a hora da atualização. A empresa referiu também que esta é uma forma de alertar para a atualização gratuita do Windows 10.

Informação enviada pela Microsoft

A Microsoft tem vindo a ajudar os clientes que recebiam notificação de Upgrade para o Windows 10 como “opcional” (e agora como “recomendado”), a procederem ao agendamento dessa atualização.  Uma vez agendado o upgrade, os clientes passam a receber uma notificação que indica a hora que o seu upgrade está previsto, com opções para o remarcar e cancelar, se assim o desejarem. Tendo por base o feedback dos clientes, a Microsoft adicionou igualmente outra notificação que confirma a hora da marcação do upgrade e apresenta ao cliente uma oportunidade adicional de cancelar ou remarcar novamente esse upgrade. Se o cliente desejar continuar com o processo de upgrade na hora determinada, então basta clicar em ‘OK’ ou fechar as notificações sem mais nenhuma ação necessária.

 

( Fonte )

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Microsoft. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s