MEO é ultrapassada pela NOS nos pacotes de serviços de telecomunicações

NOS_MEO-720x480

Pela primeira vez, na história das telecomunicações, a Nos conseguiu fechar um trimestre na liderança no segmento dos pacotes que agregam serviços de TV, Internet fixa, telefone fixo, telemóvel, ou banda larga móvel. Os dados acabam de ser revelados pela Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom) no relatório relativo ao primeiro trimestre de 2017.

«O Grupo NOS registou pela primeira vez a quota de subscritores mais elevada (39,4%), seguindo-se a MEO (39,2%) e a Vodafone (16,4%), que foi o prestador que mais cresceu durante o trimestre em análise. O grupo Apax tinha 5%. Já em termos de receitas, a MEO tinha uma quota de 41,8%, seguindo-se o Grupo NOS com 39,9%, a Vodafone com 14,2% e o grupo APAX tinha 4%», informa um comunicado das reguladoras das telecomunicações.

A Anacom refere ainda que o Grupo Nos lidera nos pacotes de três e quatro serviços, enquanto a Meo lidera nas modalidades de 2P e 5P.

O relatório trimestral revela também números que ajudam a ilustrar a popularidade dos pacotes que agregam múltiplos serviços de telecomunicações: hoje, em cada centena de famílias portuguesas, há 87 que recorrem a pacotes de serviços de telecomunicações. «O número de subscritores destas ofertas atingiu 3,55 milhões (mais 35 mil ou que no trimestre anterior e mais 245 mil face ao trimestre homólogo)», detalha a Anacom.

O 5P, que agrega TV, Internet fixa, telefone fixo, telemóvel, e banda larga móvel, é mesmo a modalidade mais procurada no mercado português, com 1,47 milhões de famílias e 41,3% do total dos subscritores. O triple play ou 3P, que agrega TV, Internet fixa e telefone, é a segunda modalidade mais escolhida, 1,46 milhões de subscritores e 41% do total dos subscritores.

image

A Anacom informa que, durante o primeiro trimestre de 2017, os operadores faturaram 440 milhões de euros em serviços de pacote – mais seis por cento que o registado no primeiro trimestre de 2016. Este crescimento destoa da perda de 1,6% registada no primeiro trimestre de 2017 face ao período correspondente de 2016 na receita média por subscritor. Em média, cada subscritor de pacotes de telecomunicações terá gasto 41,57 euros.

( Via )

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Mercados. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s