Alerta!! Estão a circular faturas falsas e perigosas via e-mail em nome da EDP

Em maio de 2017 informamos da circulação de e-mails fraudulentos em nome da EDP. Estes e-mails levavam os utilizadores a carregar num link que os redirecionava para um site não fidedigno onde os piratas informáticas tentavam obter dados pessoais dos utilizadores mais distraídos.

Agora, passado um mês, há uma nova campanha fraudulenta a circular. Esteja atento.

Ler mais deste artigo

Cerca de 12 mil computadores infetados em Portugal pelo virus WannaCry

 

 

wannacry

Sexta-feira, 12 de maio, de manhã. Francisco, Papa de Roma e líder católico, tem chegada agendada para esse na Base Aérea de Monte Real. Todo o país está de prevenção. Multiplicam-se as fiscalizações nas fronteiras e a GNR faz vistorias aleatórias entre quem espera pelas primeiras palavras do Papa no santuário de Fátima. O Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) também destacou mais operacionais, para fazer frente a alguma eventualidade. «É uma coisa normal em determinados eventos e datas, como eleições», explica Pedro Veiga, coordenador do CNCS. Ainda antes de Francisco aterrar em Portugal, surgem os primeiros avisos do estrangeiro sobre uma campanha de ransomware de grandes proporções.

Além do estado de alerta do CNCS, há outro fator capaz de mitigar os efeitos do WannaCry em Portugal: o Governo deu tolerância de ponto à Administração Pública e muitos dos computadores estatais não chegaram a ser ligados nesse dia. O que não livrou todas as máquinas de um mal pior: mais 12 mil computadpores terão sido sequestrados pelo ransomware WannaCry em Portugal, informa a Anubisnetworks, com base na informação fornecida pelo coletivo de pertitos que travou a disseminação do WannaCry.

Ler mais deste artigo

Ataque de “ransomware” leva empresas portuguesas a desligar a Internet

 

 

mw-9

Um ataque de ransomware lançado à escala global começou a deixar marcas em Portugal na madrugada de sexta-feira. Aparentemente, terão sido os operadores de telecomunicações os alvos prioritários deste ataque. Numa decisão inédita, a PT ordenou aos trabalhadores que desligassem os computadores e tirassem os cabos de rede, cortando o acesso à Internet. Também na Vodafone a passagem do ransomware produziu efeito: a operadora confirma ter tomado medidas de precaução, mas não fornece detalhes. Em Espanha, apesar de não ter sido atacada, a Vodafone decidiu cortar os acessos à Net. A Nos ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Os ciberataques apenas terão por alvo as redes informáticas internas e nos repositórios de informação dos operadores. As redes de telecomunicações móveis e fixas continuam a operar sem problemas.

Ler mais deste artigo

Alerta! Ha um novo esquema de “Phishing” que usa imagem do Office 365

 

 

 

Está a circular um novo esquema de phishing na Internet que utiliza a imagem do Office 365. O email que aparentemente parece ser enviado pela Microsoft informa o utilizador de que tem 21 mensagens por ler na quarentena da caixa de correio e caso não aceda já a respetiva conta irá perder o acesso às mensagens.

Ler mais deste artigo

Hotel fica com hóspedes presos no quarto após ataque de “ransomware”

 

 

 

Ransomware - Hotel atacado fica com hóspedes presos nos quartos

Um luxuoso hotel da Europa admitiu ter pago milhares de dólares em Bitcoins para resgatar, das mãos dos cibercriminosos, o seu sistema de fecho electrónico das portas dos quartos dos hóspedes. Os hackers atacaram o sistema com ransomware e só quando o dinheiro foi entregue é que os criminosos abriram as portas e libertaram os clientes (e os quartos).

Ler mais deste artigo

Cuidado! PJ alerta que novo esquema de “phishing” no Gmail faz várias vítimas em Portugal

 

 

 

gmail

Os utilizadores do Gmail estão a ser alvo de um ataque de phishing. De acordo com Carlos Cabreiro, Coordenador de Investigação Criminal da PJ, este novo ataque tem já feito várias vítimas em Portugal.

Se é utilizador do Gmail, tenha muito cuidado e olhe bem para o endereço de acesso ao serviço.

Ler mais deste artigo

Yahoo sofre novo ataque. Mais de mil milhões de contas afetadas

 

 

naom_54

No ultimo mês de setembro, a Yahoo confirmou que mais de 500 milhões de passwords e outros dados de utilizador teriam caído nas mãos de hackers, num roubo datado de 2014. Agora, a empresa revelou um novo ataque que terá conseguido os dados de mais de mil milhões de contas, embora não se conheçam ainda muitos detalhes.

Ler mais deste artigo

Cuidado: ESET alerta para esquema malicioso usado no WhatsApp

 

 

hackear-whatsapp-623x432

A ESET, uma das principais empresas de segurança informática, emitiu um alerta no Brasil onde dá conta de um esquema malicioso que é usado no software WhatsApp. De acordo com esta empresa, o golpe promete o acesso a uma funcionalidade falsa que passa pela visualização da conversa no WhatsApp, permitindo ao utilizador ver com quem os seus contactos se estariam a comunicar.

O objetivo deste golpe é levar o utilizador a introduzir o seu número de telefone num serviço de SMS Premium (serviço em que as mensagens de texto são pagas) tendo, em apenas duas semanas, levado mais de 1,2 milhões de cliques naquele país sul-americano.

Ler mais deste artigo

Auscultadores podem ser usados por cibercriminosos para escutar as suas conversas

 

 

Image

Uma equipa de investigadores da Universidade Ben Gurion de Israel criou a solução de software ‘Speake(a)r’, que explora uma função dos chips de áudio RealTek, com o objectivo de demonstrar que os hackers podem converter um par de auscultadores ligado a um computador num microfone.

WhatsApp : Falsa promessa de videochamadas faz milhares de vítimas no Brasil

 

 

id20

O WhatsApp anunciou a disponibilização da (muito aguardada) videochamada para Android, iOS e dispositivos Windows há uns dias, mas isso não impede que o tema continue a ser usado por cibercriminosos e faça vítimas. Foi o que aconteceu com 10 mil utilizadores da app de messaging no Brasil e em apenas uma hora.

De acordo com a empresa de segurança ESET, a campanha maliciosa prometia “a nova funcionalidade atualizada” apenas a quem fornecesse o seu número de telemóvel. Quando o utilizador clicava no link ia dar a uma página de internet falsa que requeria o envio de uma SMS para ativar a opção.

%d bloggers like this: